Monday, November 26, 2007

Suco ou "gororoba"?

Para aqueles que gostam de um estilo de vida mais saudável e consideram boa opção os suquinhos industrializados de caixinha ou garrafas para hidratação e combate à sede, uma pesquisa americana revela dados nada animadores.
Mesmo com aparentando ser um produto natural e saudável, uma pesquisa realizada por nutricionistas da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, revelou que boa parte destes sucos possuem a mínima quantidade entre 10 a 15% de extrato puro da fruta anunciada na embalagem.
O complemento do produto? O complemento fica a cargos de produtos nada naturais e que comprometem a reposição nutricional e ainda aumentam o consumo de calorias. Xaropes de glicose, corantes artificiais, frutose e muito, muito açúcar fazem parte da chamada “gororoba”. Os especialistas orientam procurar na embalagem do produto a composição nutricional e estar ligado ao percentual de polpa de fruta, onde quanto mais alto, mais saudável o produto. Particularmente, minha preferência ainda é por sucos da própria fruta ou feitos com polpa. Estes ainda assim tem seus riscos, mas avaliando as circunstâncias, o que vale mesmo é a atenção e ter uma referência na hora de escolher o líquido.

Carreata contra a dengue em Sobral

Muitos sobralenses foram acordados na manhã desse sábado, 24 de novembro, ao som buzinas de automóveis, motos e carros de som com vinhetas repetitivas com o tema dengue.
Dados da organização do evento, que contou dentre outros parceiros com a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal, dão conta de mais de duzentos veículos envolvidos, numa comboio quilométrico. A carreta enfatizou a mensagem da campanha promovida pelo Ministério da Saúde: “Combater a dengue é um dever meu, seu e de todos” e foi organizada pela Secretaria da Saúde do Município de Sobral. Após um ano conturbado em relação à dengue, números da vigilância à saúde do município dão conta que o atualmente Sobral registra o menor índice de sua história em relação a presença do mosquito da dengue, 0,2% de infestação. O Ministério da Saúde recomenda valores abaixo de 1% para evitar epidemia. Contudo, mesmo com o bom resultado, e tendo em vista o atual quadro do país, ainda deve-se aspirar total atenção do poder público e da comunidade.

A mobilização foi encerrada na principal artéria da cidade, o Becco do Cotovelo, com apresentação teatral e muito movimento.

Sunday, November 25, 2007

Medicamentos: propaganda enganosa

Recentemente a Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgaram estudo sobre irregularidades nas propagandas publicitárias de medicamentos veiculadas nos meios de comunicação.
Em seu primeiro momento, o estudo revelou que quase 40% dos produtos anunciados e à venda sob prescrição médica não possuem reigistro no Ministério da Saúde, enquanto aproximadamente 20% não mostravam a principal contra-indicação do produto.
Iniciado há três anos, o estudo pequisou amostras de anúncios em consultórios médicos, hospitais públicos e congressos (55,1%), televisão (20,2%), jornais e revistas (15,8%) e rádio (8,9%). As irregularidades mais comuns foram a ausência do número de registro e o nome do princípio ativo, assim como a não inclusão do nome comercial. Nesta categoria, 15,5% dos anúncios estimulam ou induzem o uso indiscriminado de medicamentos.
As propagandas foram analisadas com base na Resolução RDC 102 da Anvisa, promulgada em 2000, e nas demais legislações sanitárias vigentes. As irregularidades detectadas são encaminhadas a Anvisa por meio de relatórios mensais.
O parecer engloba aspectos de risco sanitário (farmacológico), publicitário e legal, e possibilita a adoção de medidas corretivas para garantir a segurança sanitária de produtos e serviços.

Friday, November 16, 2007

Consumo de álcool é relacionado ao câncer de cólon

Depois de muito se falar provável efeito benéfico da bebida alcoólica à saúde humana, cientistas ingleses divulgaram estudo que põe por terra a opinião dos defensores das fermentadas.
E olha que a conclusão da pesquisa é severa: ingestão de bebida alcoólica pode aumentar de 10 a 25% a possibilidade de desenvolver câncer de cólon.
O risco aumenta de acordo com o consumo, que já começa a fazer efeito no órgão a partir de um copo de vinho ou 500 ml de cerveja.
Com importante função no aparelho digestivo humano, o cólon compõe a maior parte do intestino grosso e fica exposto as agressões acidez alcoólica, responsável pelo aparecimento de tumores na região. Importante o alerta, principalmente para quem já passou dos 30 anos e/ou para aqueles jovens que admiram o trago e acham normal a ingestão de bebidas, a droga lícita mais comum em nosso país e responsável por mais de 90% dos acidentes de trânsito e boa parte da desagregação familiar.

Wednesday, November 14, 2007

Projeto contra a dengue com idosos ganha corpo em Sobral

O projeto "Venci o Tempo, Vencerei a Dengue", criado pela Secretaria da Saúde do Estado e proposto para o municípios cearenses, ganha um destaque especial em Sobral. Em funcionamento desde junho deste ano, a ação congrega mais de1.500 idosos nas ações de combate à dengue através de visitas de sensibilização e movimentos de promoção de saúde. De acordo com o idealizador do projeto, Dr. Gilberto Bastos, Assessor Técnico do Núcleo de Controle de Vetores (NUVET) da Secretaria da Saúde do Ceará, o município de Sobral promove uma verdadeira interação entre os idosos e a estratégia saúde da família, dando um status de política de saúde pública ao projeto e servindo de referência para todo o país. Assim, fica o exemplo dos mais experientes para todos nós, mãos a obra na luta contra o “indesejável no Egito”( Aedes aegipty).

Clima de nostalgia no PSF de Sobral

Acontece nesta segunda, 19, a III Mostra Estratégia Saúde da Família: Memórias e perspectivas da Estratégia da Saúde da Família. O tema trata da comemoração dos 10 anos de implantação dessa Estratégia e acontece das 17h às 22h, no Centro de Convenções de Sobral, com painéis e móbiles para exposições de trabalhos, palestras, estudos, ações e conferências. Para os que conhecem a história da saúde pública contemporânea na cidade e seu destaque em nível nacional, é um momento imperdível, que terá como conferencista da noite um dos responsáveis pela transformação do modelo, Luiz Odorico, hoje secretário da saúde em Fortaleza.

Friday, November 9, 2007

Medicamentos falsificados

A Organização Mundial da Saúde (OMS) adverte à população mundial que 10% dos medicamentos que circulam em nosso meio são falsificados, chegando a 20% em países mais pobres. A questão foi abordada na Conferência sobre a Luta contra a Falsificação e a Pirataria, em Buenos Aires, Argentina, e levantada pelo representante da OMS naquele país, Dr. José Luis Castro, e reforçada pela diretora geral da Aduana do Brasil, Clecy Busato Lionco, e pelo especialista da Interpol para a América Latina, Roberto Manriquez Carrasco. Para os especialistas, se não houver nenhuma intervenção imediata, em pouco mais de 08 anos, o comércio de medicamentos falsificados mobilizará mais de US$ 75 bilhões. O mais grave é que dentre os falsificados, os mais comercializados são antibióticos, hormônios e esteróides, em países desenvolvidos, enquanto que no terceiro mundo são remédios para doenças sérias como malária, tuberculose, AIDS e câncer. Depois do escândalo do leite adulterado, agora mais esta gravíssima declaração. Ficamos a nos perguntar que garantia teremos daqui há alguns dias para qualquer outro tipo de produto essencial, só falta mesmo falsificarem água e ar, assim não dá!!!

Monday, November 5, 2007

Novo espaço para saúde

Recentemente inaugurado em Sobral um novo empreendimento que promete ser uma nova tendência em qualidade de vida, trata-se da Park Fitness. O conceito é unir prática de atividades físicas com orientações de profissionais de saúde. Na Gerência do espaço, Dr. Dênis Guimarães, competente fisioterapeuta e praticante de atividades físicas. Outras informações sobre a Park Fitness no panfleto, aqui publicado na íntegra, vale conhecer!