Sunday, December 23, 2007

Ministério lança campanha contra bebida alcoólica

O número de acidentes de trânsito no Brasil aumenta, em média, 20% durante as festas de fim de ano, período de maior fluxo de veículos e quando há abusos no consumo de álcool. Outro dado preocupante é que o número de mortos no trânsito não pára de crescer no país: subiu de 33.288 em 2002 para 36.611 em 2005. Metade dos envolvidos abusou no uso de álcool.
Entre 2000 e 2006, o Ministério da Saúde registrou um aumento de 50,36% nos gastos com internação de pessoas envolvidas em acidente. Diante desse quadro, o ministro José Gomes Temporão lançou hoje uma campanha educativa para lembrar que bebida e direção não combinam. Ele também anunciou para o próximo ano o envio ao Congresso Nacional de dois projetos de lei propondo mudanças no conceito de bebida alcoólica e proibindo a venda do produto nas estradas.
Os projetos serão encaminhados em caráter de urgência. Um deles considera bebida alcoólica aquela com grau Gay-Lussac igual ou superior a 0,5º. Hoje, só são consideradas alcoólicas as que possuem grau acima de 13. “Mudando esse conceito a Agência Nacional de Vigilância Sanitária terá poder legal para regulamentar o conteúdo das propagandas desses produtos. A auto-regulamentação não funciona”, justificou o ministro Temporão.
E nós, em total concordância, traremos comentários a respeito brevemente.

No comments: