Monday, March 17, 2008

Sociedade sugere cautela no uso de Botox

A toxina botulínica, comumente utilizada em tratamentos estéticos e medicinais, tem sua original indicação para o tratamento de paralisia cerebral, estrabismo e várias síndromes neurológicas. Em. Em estética, ela é usada, geralmente, no rosto para atenuar marcas de expressão. Mas pesquisas indicam que a toxina se espalha com facilidade além da região onde foi injetada, o que pode provocar paralisia e enfraquecimento dos músculos vizinhos. O membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Fausto Bermeo, explica que o esse risco é muito pequeno e depende de como é feita a aplicação:

"A toxina botulínica tem uma dosagem. E a gente tem que diluir essa dosagem. Por exemplo, um frasco de toxina botulínica tem 100 unidades. Cada paciente utiliza, ou precisa, em torno de 50 unidades. Essas 50 unidades terão de ser distribuídas de acordo com o tamanho do músculo, a força do músculo e a área de onde a gente queira tratar. Não é possível, por exemplo, de repente, colocar na linha entre as duas sombracelhas e, de repente, ter uma ação que a gente não queira na testa. Agora, óbvio, que, se o médico aplica desapreensivamente ou indo contra as orientações do profissional que aplica, fazer massagem e essa toxina ir a outro lugar, vamos ter uma ação indesejada."

No comments: