Tuesday, May 6, 2008

DIU não é abortivo, afirma Ministério da Saúde

Adson França, diretor do Departamento de Ações Estratégicas do Ministério da Saúde, recomenda o uso do DIU como contraceptivo e afirma também que o método não é abortivo.

"O Dispositivo Intra-uterino é um dos métodos mais aconselháveis hoje, segundo pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde. Ele só não deve ser usado se a mulher tiver algum processo inflamatório, alguma doença, mas ela pode tratar antes e nas situações em que a mulher ainda não engravidou. O Dispositivo Intra-Uterino também não é abortivo, em que pese alguns religiosos dizerem isso, mas cientificamente está comprovado que o dispositivo não é abortivo."

Adson França explica que o procedimento de colocação do DIU é simples. A mulher deve fazer um exame preventivo, para ter certeza que não tem nenhuma bactéria ou fungo, ou algum corrimento que possa ser agravado pelo DIU. A aplicação do dispositivo pelo médico causa apenas um pequeno incômodo na hora de ser colocado, algo semelhante a uma contração

5 comments:

Junior said...

O DIU nem sempre impede a fecundação ;esse ovo então tenta se fixar no útero e o DIU o expulsa !!!Então é sim abortivo ....

Mila said...

Mila...

Concordo plenamente com você Junior said!

Anonymous said...

Esse funcionário do MS,não estudou fisiopatologia nem nidação.O DIU é sim abortivo e ponto final.

gil said...

em quem acgredita pois são muitas conclusoes e acaba atrapalhando.pois eu tenho e queria ter certeza se e abortivo pois se for eu retiro

vera lucia said...

Gil, se o óvulo é fecundado, então, inicia-se o desenvolvimento embrionário e depois de alguns dias este embrião chega ao útero. É onde ele encontra o DIU que impede seu desenvolvimento.Pense que isso ocorre em toda ovulação.
Abraços